Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!
Moralizar o Brasil para crescer.

Aqui irei apresentar meu plano de Governo, primeiro irei mostrar as notícias do atual Governo do presidente Lula, depois mostrarei as soluções que há meu ver, devem ser tomadas. Um plano de Governo diferente, não tem promessas. Tem medidas que deveriam ter sido tomadas por todos os nossos governantes a muito tempo. No decorrer do Plano de Governo você vai entender porque.

Se você concorda com meu plano de Governo e acha viável para Brasil, por gentileza divulgue, só assim poderemos mudar de verdade este País.

Algumas palavras para você pensar:

Primeiro não sou Companheiro, nunca foi e não aceito que seja chamado como tal, não quero ser companheiro de um Governo omisso e corrupto.

Se você acha legal ser chamado de companheiro (da corrupção) pelo Lula continue votando (na impunidade) no Lula.

A duas primeiras ações que presidente operário (Lula) fez no Governo foram:
- Comprar vários armanis (com nosso dinheiro).
- Comprar um avião (com nosso dinheiro)

Eu não lembro do Lula ter dito que iria comprar um avião em seu primeiro ano de Governo, também não lembro de ter sido consultado sobre essa compra, e olha que não é um avião qualquer, o trem voador custou aos cofres públicos 56 milhões de dólares, caramba, e pior não tinha nenhuma empresa no Brasil para fazer este avião, ele teve que comprar dos franceses, eta geração de empregos boa, para os franceses. Esse dinheiro seria suficiente para construir 200 mil de casas populares e gerar 300 mil empregos.

Sempre que você houve casos de corrupção no Governo, não esqueça, é do seu dinheiro que estão falando.

Esposa do presidente saca mais R$ 417,000,00 (quatrocentos e dezessete mil reais) em apenas dois meses com cartões de credito. Você já imaginou ter um cartão de crédito sem limite para gastar e ainda por cima não ter que prestar contas desses gastos, isso não é um paraíso, pois bem é isso que acontece no Brasil hoje.

Desde que Lula tomou posse, as faturas do Governo com cartões corporativos, sem prestação de contas ao TCU são de 1,1 bilhão de reais, o valor gasto pelo Governo federal em 2004 com passagens e diárias para funcionários públicos. Equivale a tudo o que foi investido no mesmo período no: Ministério do desenvolvimento, Ministério da cultura, Programa de prevenção e combate a incêndios, programa primeiro emprego e programa paz no campo.

DESPESAS DO GABINETE PRESIDENCIAL
2003 - Lula R$ 318,6 milhões
2004 - Lula R$ 372,8 milhões (R$ 1,5 milhão por dia útil de trabalho

E você acha ele honesto.

E duvido que não vai votar no Lula de novo!

Deixa a campanha eleitoral começar vai ser uma baixaria só, os tucanos mostrando a corrupção no Governo Lula, e tentando voltar ao poder para corromper mais ainda, ai vem o Lula dizendo que jogo do bicho, caixa 2 e a corrupção apontada dos companheiros, é coisa normal no Brasil, afinal de contas não tem nada de mais. O lula vai mostrar um monte de indices, que eu particularmente, dúvido que ele entenda alguma coisa, e vai massacrar o povo brasileiro no horário eleitoral gratuito, com o seu programa Fome Zero. E todos vocês não terão corajem de mudar este país. Vão cair como patinhos na conversa fiada do Lula.

Você diz que não, mas acaba iludido pela globo e seus especialistas em marketing, ai você pensa:

- coitado ele é pobre (mora numa cobertura de 404 metros quadrados),
- É descente (nos quatro anos de Governo Lula a estimativa de gastos pessoais é de 6 bilhões de reais),
- Ele vai melhorar o pais (Lula esta entregando o Brasil aos franceses (energia elétrica), americanos (exploração de petróleo), espanhóis (bancos e telecomunicações) e sabe lá pra quem),
- Ele é um trabalhador (não esqueça ele não tem um dedo, portanto não pode ser trabalhar, vive mesmo é do INSS,, portanto vive do nosso dinheiro a anos, como sindicalista e depois político),
- Ele não sabia de nada desse negocio de caixa 2 ou das maracutaias do PT: (só sendo ingênuo pra acreditar nessa, como é que o presidente da republica não sabe como foi eleito, e pior, não sabe de onde vinha o dinheiro para pagar suas despesas, caia do céu, só falta ele dizer isso).
- Ele criou o fome zero ( o povo continua com fome, mentiu de novo, não conseguiu nem levar 2 refeições diárias para cada brasileiro pobre);
- Nenhuma mulher venderá o seu corpo por um prato de comida.
Sobre a prostituição decorrente da miséria, em julho de 2002 (mentiu de novo, as ultimas notícias das CPIs apontam uma enorme rede de prostituição dentro do palácio do planalto pago com nosso dinheiro, imagine no resto do Brasil.)
- Ele vai criar 10 milhões de emprego, ( só se contar com os empregos criados na Venezuela, França, Itália, EUA e Espanha, além claro dos criados pela economia informal, que agora depois de eleito, passam a fazer parte das estatística do Governo federal, o gentinha)

Pronto fica com dó, esquece todos as noticiais de corrupção no Governo e lá vai o Lula de novo ao poder, mais quatro anos de incompetência, com atestado do povo para gastar dinheiro a vontade sem prestar contas. Depois você para numa roda de amigos e comenta: puxa o Lula não faz nada por nosso país, só viaja e faz churrasco, nossa quanta notícia de corrupção. Agora é tarde você foi obrigado a votar, e votou no Lula.

Temos que acabar com isso, tem que existir um órgão controlador que acabe com esse desperdício do nosso dinheiro. Porque o TCU apenas aponta o problema e é tão corrompido quanto os corruptores.

Algumas Frases do Lula:

Eleitor que vota em ladrão não tem direito a reclamar. Rico está certo de votar em rico. Agora, pobre votar em rico, ou o rico é muito esperto, ou o pobre é muito besta.
Durante comício na zona leste de São Paulo, em entrevista ao jornal "O Globo", em setembro de 1994

Comentários:(Segundo Lula, se você votou nos candidatos do PT, que roubam a vontade, não pode reclamar, porque você é uma besta)

Às vezes, penso que o povo gosta de ser enganado.
Sobre a má escolha dos candidatos, em comício em João Monlevade (MG), em maio de 1994

Comentários:(Novamente a arte da política é enganar o povo)

Me dêem uma chance de ser presidente que eu faço em quatro anos o que a elite não fez em 40.
Durante discurso em Juiz de Fora (MG), em agosto de 1994

Comentários:(Realmente, nenhum Governo pagou tanto juros ao FMI como Lula, nunca na história se viu tanta corrupção, e que negócio é esse de elite, isso é discurso de sindicalista, não de presidente. O Lula ganha so de salário 18 mil reais mais beneficios, tem um cartão de crédito com limite de 1 milhão por mês, sua esposa tem um cartão com limite de 400 mil mensais, seu filho tem uma empresa que vale 5 milhões (antes de ser presidente seu filho não tinha nada) Agora!!!!, então por gentileza alguem pode me explicar onde esta a elite.)

O que o povo espera de um político é liderança para poder dizer ao FMI: 'Olha, não dêem palpite na política brasileira, porque aqui quem manda é o povo brasileiro'.
Durante comício no Rio de Janeiro, em agosto de 2002
Comentários:(Piada)

As promessas do Lula que você acreditou:

Não custa repassar aqui, as principais promessas de campanha do nosso atual presidente da república, e o que foi feito com elas:

CPMF - O programa de campanha do PT apontava na direção da redução da CPMF a um valor simbólico, que iria minguando até sua extinção total posterior. Que aconteceu depois que Lula assumiu o Governo? Passando por cima da promessa de campanha, o texto da Reforma Tributária elaborada pelo Governo Lula, mantém a CPMF até 2007.

CRESCIMENTO ECONÔMICO - O PT, em campanha, prometia um crescimento econômico de 5% a 7% ao ano. No primeiro ano de Governo do PT, 2003, não houve crescimento. O segundo ano de Governo, 2004, terminou sem a menor possibilidade de cumprir as metas propostas em campanha. Agora, a promessa de crescimento econômico é de 5% e para 2005 a meta é de 3,5%, a pior da América Latina.
A economia brasileira terá o terceiro menor crescimento econômico neste ano, à frente apenas do Paraguai e de El Salvador.

EMPREGO - A meta, proposta em campanha, era criar dez milhões de empregos em quatro anos. Sem crescimento econômico nos dois primeiros anos de Governo, não foi possível sequer reverter a situação do desemprego. Ao contrário. Desde que Lula assumiu o Governo, o número de desempregados aumentou, segundo dados do próprio IBGE. Hoje, a taxa de desemprego, só em São Paulo, é a maior desde 1985. Da mesma forma, mesmo com as contratações temporárias de final de ano, o Governo Lula fecha o ano de 2004 com uma taxa de desemprego acima de 11%, o que significa um número bastante elevado, tão grande ou maior que o do Governo de Fernando Henrique.

PROGRAMA FOME ZERO - A meta fixada em campanha era atender dez milhões de famílias. O programa, porém, nos dois primeiros anos de Governo Lula, sofreu uma série de problemas, sendo que, no primeiro ano sequer saiu do papel. A promessa então mudou, e passou a ser de atender 3,6 milhões de famílias até o final do mandato. Mas até agora, em dois anos de Governo, o Programa Fome Zero produziu resultado Zero.

INVESTIMENTOS - No programa de Governo que norteou a campanha eleitoral, o PT prometia investimentos anuais de R$ 39 bilhões em infra-estrutura. No orçamento de 2004, o Governo Lula destinou para estes fins, apenas R$ 7 bilhões, ou seja, R$ 32 bilhões a menos, que o prometido em campanha para cada ano. E pelo andar da carruagem, 2005 não será muito diferente, apesar de toda a campanha publicitária.

HABITAÇÃO - A promessa de campanha era liberar cerca de R$ 4,5 bilhões anuais do FGTS para construção de casas populares. Nos dois primeiros anos de Governo, esse montante ficou em torno de R$ 700 milhões por ano. Muito longe do prometido.

REFORMA AGRÁRIA - A promessa de campanha era realizar um milhão de assentamentos até o final do mandato de quatro anos. Ou seja, 250 mil assentamentos por ano. Uma vez no Governo, Lula refez esta meta, fixando em 60 mil o número de assentamentos para 2003 e 90 mil famílias assentadas em 2004. Nem mesmo estes números reduzidos se concretizaram. O Governo diz que assentou 16 mil famílias em 2003. João Pedro Stédile do MST, diz que em 2003 só foram assentadas 2 mil famílias. Em 2004 o Governo afirma que assentou 90 mil famílias. O MST contesta esses números e diz o Governo Lula em 2004 assentou apenas 25 mil famílias. Mesmo que os números do Governo estejam certos, 16 mil em 2003 somados a 90 mil em 2004, significam 106 mil famílias. Para cumprir a promessa de campanha seria preciso ainda assentar 894 mil famílias nos dois anos que ainda faltam para completar o Governo.

EDUCAÇÃO - Em campanha, o PT acenava com o cumprimento das regras do FUNDEF, com a ampliação dos recursos repassados aos estados. O valor legal por aluno seria de R$ 786,16. Já no Governo, nada disto vale mais. O valor legal por aluno, decretado para 2003 foi de R$ 446,00. Em 2004, este valor legal por aluno foi de R$ 537,71. Tudo muito longe do prometido.

Isto tudo repassado aqui significa que praticamente nenhuma das promessas de campanha do Partido dos Trabalhadores conseguiu ser cumprida por Lula. Se somarmos a essas promessas todas não cumpridas, os projetos e programas que não saíram do papel, o não aumento do funcionalismo, um salário mínimo que não condiz com tudo que dizia na oposição o Partido dos Trabalhadores, além dos juros absurdos protagonizados pela Banco Central, teremos um quadro bastante comprometedor do Governo Lula.

Chega de Lula, vamos ao que interessa:

Em cada item você encontrará o prazo para aplicação das medidas a serem tomadas.

Plano de Governo para moralizar o Brasil e voltar a crescer.

Divida Externa (1 ano)

Auditoria

Como um Governo eleito pelo povo pode continuar pagando juros de 150 bilhões de reais por ano, é dinheiro que não acaba mais, e ninguém pergunta, porque pagamos tudo isso, será que já não pagamos esta divida.

No meu Governo faremos uma auditoria na divida externa com uma equipe de auditores nacionais e internacionais e veremos quanto realmente temos que pagar aos bancos credores. Tudo isso com a maior transparência, divulgando os resultados nos meios de comunicações e num portal na internet que será criado especialmente para este fim.

Chega de jogar dinheiro fora e ainda ter nossa economia ditada pelo FMI.

Isso não significa que iremos parar de pagar a divida externa, mais vamos com certeza saber quanto devemos e principalmente para quem.

Reforma política

Fim da imunidade parlamentar (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Todo político pode roubar, desviar ou enviar dinheiro ilegalmente para o exterior, se for pego pela policia federal ou pela receita, e comprovada as acusações, basta renunciar ao mandato e pronto, pode solicitar aposentadoria ao congresso de aproximadamente R$ 8.500,00 e ainda mais, nas próximas eleições pode concorrer novamente como se nada tivesse acontecido.
Caso do Dep. Roberto Jeferson.

Vejam só os comentários de Lula sobre toda essa sujeira.
"Vocês não são corruptos, você cometeram erros, mas não de corrupção."
"Naturalmente, para o governo (a renúncia) é melhor."

"Denúncias vão virar piada de salão", essa é do Delúbio, Claro vai dar pizza.

Como ficará no meu Governo:
Não é possível que políticos corruptos, que usurparam nosso dinheiro, fiquem isentos da prisão apenas renunciando ao mandato.

Em meu Governo todo político ou funcionário público envolvido em corrupção será preso sem direto a fiança, processado na justiça comum, terá seu mandato cassado e será banido da vida pública para sempre. Alem de devolver todo o dinheiro encontrado e ter seus bens leiloados.

Fim do voto secreto parlamentar (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Todas as matérias polemicas são feitas em votação secreta, ou seja você nunca sabe se o parlamentar eleito com seu voto, votou a favor ou contra, não é pura safadeza.

Como ficará no meu Governo:
Fica proibida a votação secreta, assim poderemos saber quem é quem no congresso. Todas as matérias votadas devem ser divulgadas na imprensa e na internet com os nomes dos parlamentares e qual foi seu voto.

Fidelidade partidária (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Com as crescentes denuncias de corrupção em partidos como o PT, PP, PTB, etc., o que vemos é uma verdadeira baixaria, políticos trocando de partidos para outras legendas (PSOL) que não estejam envolvidas no esquema a fim de enganar o eleitor, passando a imagem de bom político. Como você vê, não existe fidelidade partidária, ideológica, comprometimento com os ideais sociais, querem apenas se eleger, é isso que importa, afinal jamais serão punidos.

Como ficará no meu Governo:
No meu Governo, nenhum político pode mudar de legenda durante a vigência de seu mandato. E mesmo assim somente poderá mudar de legenda após ter conseguido se eleger por dois mandatos consecutivos. Se quiser mudar de partido antes do termino do mandato, deve dispor do cargo em favor do partido.


Nenhum candidato eleito por voto popular pode assumir cargos no Governo: (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
O que acontece hoje é o seguinte: Você vota em um candidato a deputado federal, ele assume a presidência de uma estatal, e o suplente assume seu lugar, se o suplente tiver qualquer impedimento assume o segundo suplente. O problema é que você votou no primeiro (que assumiu a estatal) o segundo você não sabe quem é, e o terceiro acho que nem a justiça eleitoral sabe. Ora como estes suplentes pretender defender os interesses dos eleitores, se não foram eleitos por nós. (é pura armação contra o povo).

Como ficará no meu Governo:
No meu Governo nenhum candidato eleito pelo povo poderá assumir cargos públicos, quer dizer por exemplo que um deputado federal não pode assumir uma estatal.

Numero máximo de funcionários comissionados: (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Senadores e Deputado Federais, Estaduais, Governadores, Vereadores: ninguém sabe quantos funcionários têm hoje prestando serviços. Fica fácil imaginar porque, o dinheiro não é deles, contratam quantos parentes quiserem com salários altíssimos e fica nisso mesmo, não existem leis para puni-los, vamos acabar com isso.

Como ficará no meu Governo:
O número máximo de funcionários comissionados para Deputado Federal não pode se superior a 7, e para o Senador 10. E todos somente serão contratados pelo mesmo tempo de vigência do mandato do parlamentar que os contratou.
Proibido a contratação de parentes até a quarta geração sob pena de perda do mandato e conseqüente expulsão da vida publica.

Estipular um salário para todo o mandato de deputados e senadores. (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Sabe-se lá quanto ganha um senador ou um deputado hoje, são tantos benefícios e isenções que fica impossível calcular seus salários. È tão simples a meu ver acabar com isso.

Como ficará no meu Governo::
No meu Governo, vamos estipular um rendimento para todo o mandato, vamos supor que para deputado federal o salário seja de R$ 1.000,00 então teríamos o seguinte: 12 meses vezes quatro anos, temos 48 meses multiplicados por R$ 1.000,00 = R$ 48.000,00. Estes valores seriam revistos todo ano por órgãos controladores a serem criados e reajustados pela inflação do período (se houver);

Este seria o valor Maximo recebido por um deputado eleito pelo povo com acompanhamento da receita federal e de órgãos controladores a serem criados, no final de seu mandato saberíamos exatamente qual o patrimônio acumulado neste período, comparado com o patrimônio anterior declarado quando de sua posse.

Estipular um valor para despesas anuais do deputados e senadores (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Todas as despesas são prevista no orçamento da união que pode ser manipulada a vontade, porque são os próprios políticos que controlam nosso dinheiro, além disso existe a praga dos cartões de créditos corporativos para pagamento de despesas pessoais, ninguém sabe quantos são, quais as despesas pagas, e o principal, não tem limites de créditos, tanto para pagamento quanto para saques. (brincadeira? não deve ser uma maravilha ser político no Brasil).

Como ficará no meu Governo:
No meu Governo teremos regras mais claras com as despesas dos nossos políticos, chega de cartões de credito sem limites, verdadeiros cheques em branco com assinatura do povo. As despesas devem ser planejadas e entregues ao órgão controlador do gasto publico ( que ainda não existe), e se existe não faz absolutamente nada para coibir tais abusos.

Temos que estabelecer limites para esses cartões, e divulgar na imprensa e internet quem são as pessoas portadores, também temos que divulgar para que e quando são usados, quais as despesas pagas. E proibidir o saque em dinheiro.

Casos de corrupção passam a ser investigados por uma unidade a ser criada dentro da Polícia federal (prazo para implantação: 1 mês)

Como é hoje:
O que você acha de político julgar político, sempre acaba em pizza, ou então em casacão, que é a mesma coisa. Depois de cassado o parlamentar pode voltar a concorrer nas próxima eleições como se nada tivesse acontecido, se renunciar, ainda melhor, pois evita uma série de constrangimento, e pior, todas as acusações são retiradas. E mais todos os assuntos ficam parados aguardando o fim das CPI (Central de Piadas e Inverdades).

Se alguem acompanhou alguma seção da CPI, deve ter visto um festival de piadas do tipo:
Você conhece o Sr. Marcos Valerio?
Eu não.
Mas ele disse que depositou na sua conta R$400,000.00.
Eu não tenho conta em banco.
Tam ótimo, não tenho mais perguntas.

Bincadeira, não, estes são os deputados, inquerindo os deputados.

Qual o resultado para o precesso, Nunhum.

Pergunta:
Cadê o dinheiro que foi roubado dos cofres publicos, você se lembra do Collor, cadê o dinheiro.

No caso do PT, o BNDS e BB estão envolvidos, o BB chegou a cúmulo de emprestar dinheiro sem avalista, embora o contrato exigisse. (Vai você no BB e tenta um empréstimo.)

De novo, cadê a dinheiro apontado, pelas instituições (CPI, TCU, Receita Federal, etc.)

Como ficará no meu Governo:
No meu Governo teremos a criação de um órgão dentro da Polícia Federal para cuidar dessas situações e punir os culpados com cadeia e devolução aos cofres públicos do nosso dinheiro.

Fim das aposentarias especiais para políticos (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Outra maravilha criada pelos nossos políticos. Enquanto você tem que contribuir mais de 50 anos para a previdência eles não precisam contribuir com nada, pois lembre-se quem paga os salários somos nós, é com nosso dinheiro que eles se aposentam em apenas oito anos.

Isso mesmo basta cumprir 8 anos de mandato e podem se aposentar com salário integral. Mesmo sendo provado ser um político corrupto ( como Roberto Jefferson, que recebeu de presente do presidente da câmara dos deputados o Sr. Aldo Rebelo Pc do B, (afinal o dinheiro não é dele é nosso) a aposentadoria de R$ 8.800,00 por mês, além de roubar ainda temos que pagar este salário para o resto de sua vida.

Vamos acbar com isso.

Como ficará no meu Governo:
No meu Governo passam a valer as mesmas regras da iniciativa privada

Regras claras para serem aceitas as candidaturas: (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Não existem, ou melhor até existem mais a justiça eleitoral nunca barra nenhum candidato, afinal são os parlamentares que mandam na justiça eleitoral. E não adianta cassar depois de eleito, porque eles voltam na próxima eleição, aposentados e ganhando o dobro.

Como ficará no meu Governo:
Ter nacionalidade brasileira;
Gozar dos direitos políticos;
Estar quite com as obrigações eleitorais;
Ser alfabetizado;
Estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
Ter idade mínima de 18 anos;
Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por junta médica do Ministério a Fazenda;
Apresentar declaração de bens com dados até a data da posse;
Apresentar certidão dos setores de distribuição dos foros criminais dos lugares em que tenha residido, nos últimos cinco anos, da Justiça Federal e Estadual;
Apresentar folha de antecedentes da Polícia Federal e da Polícia dos Estados onde tenha residido nos últimos cinco anos, expedida, no máximo, há 15 dias;
Apresentar declaração firmada pelo candidato de não haver sofrido, no exercício profissional ou de qualquer função pública, penalidade disciplinar por prática de atos desabonadores ou condenação por crime ou contravenção;
Apresentar outros documentos que se fizerem necessários, à época da posse.

Reforma eleitoral:

Fim do voto obrigatório: (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Você é obrigado a votar

Como ficará no meu Governo:
Vamos acabar com isso.
E
xerce o direito quem quer, assim os partidos terão que se preocupar com seus eleitores 24 horas por dia, 365 dias por ano! Essa medida poria a educação política à frente dos marqueteiros

Regras para eleição (prazo para implantação: 6 meses)

Como é hoje:
Só Deus e os políticos sabem, é uma bagunça. Claro que sempre os maiores partidos são beneficiados, afinal eles fazem as leis e nós pagamos a conta.

Como ficará no meu Governo:
Proibição do uso de postes, pontes e outros equipamentos públicos para fazer propaganda política, a distribuição de camiseta, bonés, chaveiros, canetas ou brindes durante a campanha eleitoral. O descumprimento cancela a candidatura;
Limitar as doações de pessoas jurídicas, de entidades de classe ou sindicatos em 2% da receita bruta da empresa.
O horário eleitoral gratuito será transmitido por 30 dias antes da eleição.
Apenas os candidatos podem aparecer mostrando seus programas de Governo ou suas propostas;
Apenas uma conta poderá receber recursos para campanha e o descumprimento deste dispositivo acarreta a impugnação do registro da candidatura.
Aumenta a punição aos partidos que descumprirem normas eleitorais. O fundo partidário será suspenso por 4 (quatro) anos.
Divulgação diária pela Internet ou outro meio de comunicação do dinheiro arrecadado para financiar a campanha.
Os candidatos ficam obrigados a apresentar à Justiça Eleitoral sua prestação semanalmente.
Caracteriza como crime eleitoral o não registro ou a não-contabilização de doações, puníveis com multas de R$ 200 mil a R$ 500 mil, além da cassação do registro do candidato e a perda do direito ao fundo partidário.

Reforma fiscal-tributária (prazo para implantação: 6 meses)

Imposto de renda

Como é hoje:
O Lula brigou a vida toda antes de ser presidente, disse que esta tabela era um absurdo, e brigava no plenário para abaixar estes valores, depois de eleito disse que não podia alterar porque haveria uma drástica redução na arrecadação.
- LULA MENTIU E VOCÊ ACREDITOU.
Até 1.164,00 Isento
De 1.164,01 até 6.326,00 5
Acima de 2.326,00 27,5 (um quarto do seu salário no bolso desses políticos)

Como ficará no meu Governo:
Até 1.639,00 Isento
De 1.639,01 até 4.326,00 5%
Acima de 4.326,00 14,5%

CPMF:

Como é hoje:
0,38% sobre todas a operações financeiras
Lula não acabou com a CPMF e ainda aumentou seu valor.
-LULA MENTIU E VOCÊ ACREDITOU.

Como ficará no meu Governo:
Reduzir a alíquota em 0,05%

Taxa de juros

Como é Hoje:
A maior taxa de juros do mundo 19,5%
o Lula dizia que as taxas praticas pelo FHC eram absurdas, então ele coloca no ministério da fazenda um Médico para seguir a mesma cartilha neoliberal do FHC.
- DE NOVO, LULA MENTIU E VOCÊ ACREDITOU.

Como ficara no meu Governo:
Choque na Selic até atingir níveis internacionais (2 a 4%)

Entrada e saída de capitais:

Como é hoje:
Não existe
Lula disse que implantaria no primeiro ano de Governo, o que ele fez foi facilitar ainda mais a entrada e saída de capital para o exterior.
DE NOVO, LULA MENTIU E VOCÊ ACREDITOU

Como ficará no meu Governo
Controle da entrada e saída de capitais para evitar a fuga de recursos para o exterior. Controle quer dizer, tazar a saida de caiptal.

Metas de crescimento:

Como é hoje:
Metas de crescimento definidas pelo FMI
o Lula disse que uma vez eleito diria ao FMI, que quem manda no Brasil são os brasileiros, mentiu de novo, o que vemos é um presidente sem preparo para discutir questões internacionais, sempre abaixando a cabeça para os EUA e o FMI.
DE NOVO, LULA MENTIU E VOCÊ ACREDITOU

Como ficara no meu Governo:
Estabelecer metas de crescimento de 8% ao ano. Com o fim da divida externa e sem a interferência do FMI, este será o Brasil que todos temos sonhado.

Moradia (prazo para implantação: Durante o mandato)

Como é hoje:
Uma bagunça, que só mesmo o Lula e seus assessores incompetentes podem entender. Afinal são todos analfabetos. De novo ele mentiu
Você já se perguntou quantas casas o Governo Lula construiu? Ainda não vi um projeto do Governo Lula que funcione, a não ser o aeroLula.

Como ficara no meu Governo:
Construções de casas populares
O Brasil precisa de um plano de habitação viável, não adianta prometer fazer 40 milhões de casa, e depois entrar no Governo e descobrir que não existem recurso.
Financiamentos de 100% para imóveis até R$ 95.000,00, para quem tem salário mensal até R$ 3.957,00

Salário Mínimo: (prazo para implantação: Durante o mandato)

Como é hoje:
Não foi o Lula que disse que o salário mínimo era uma vergonha nacional. Agora é sempre a mesma coisa, ele nunca tem dinheiro para o aumento do mínimo. Mas para pagar a eleição do Aldo rebelo ele liberou 1,2 bilhões de reais, sabe lá o que é isso, e pra quem, além de distribuir mais cargos públicos para seus companheiros analfabetos, o cartão de credito da esposa de lula, deve chegar ao final do mandato com um saldo só em saques da ordem de 5,6 milhões de reais, dinheiro nosso que ninguém sabe para onde foi, entre muitas outras coisas. Fora os investimentos feitos em infra estrutura na Colômbia, no Paraguai e na Venezuela de Hugo Chaves (amigão do Lula), um crápula que para se manter no poder, fraudou as eleições.
Assim não sobra mesmo dinheiro para o aumento do mínimo.

Como ficará no meu Governo:
Mínimo de R$ 550,00 no primeiro ano de mandato.

Educação(prazo para implantação: Durante o mandato)

Como é hoje:
Tudo resolvido na caneta, ou seja, não existe programa, os assessores preparam um projeto, fazem um texto resumo, e dizem ao Lula, assina que é o melhor para o Brasil, lembre-se como é analfabeto não sabe interpretar textos, alguém resume tudo, acha que tudo pode ser resolvido com a caneta.

faculdades publicas
o Você já se perguntou quantas novas vagas foram criadas nas universidades públicas no Governo Lula?
o Nenhuma, porque o programa de inclusão social troca a vaga do rico pelo pobre, ou melhor do branco pelo pobre, que raios de programa mais idiota é esse? Isso não é racismo?

Como ficara no meu Governo:
O que o Brasil precisa de mais universidades públicas;
Além de mais investimentos nas já existentes, com criação de mais vagas, não adianta ficar trocando vagas, é preciso construir mais salas de aulas.
Qualificação adequada dos professores;
Melhores salários;
Fim dos vestibulares

Petrobrás (prazo para implantação: Imediatamente)

Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) referente ao primeiro semestre deste ano mostra um retrato desolador. O TCU analisou 415 obras. Encontrou indícios de irregularidades graves em 40% delas. No documento, salta à vista o nome de três órgãos públicos. O Departamento Nacional de Infra-Estrutura e Transportes (Dnit) é a repartição na qual foi encontrado o maior número de irregularidades: 75 dos 131 contratos analisados. Os problemas são ainda maiores no Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Denocs) e na Petrobrás. O TCU afirma ter encontrado irregularidades graves em todas, frise-se, todas as obras analisadas do Denocs e da Petrobrás. A diferença entre elas é de valor. Os contratos do Denocs somam 100 milhões de reais. Os da Petrobrás chegam a 5 bilhões de reais.

Alguém pode me dizer para que serve o TCU, se ele somente aponta o problema depois de instalado, ou seja, primeiro existe a licitação (fraudada, o TCU sabe) depois o contrato (superfaturado, o TCU sabe) depois a obra em si (nunca concluída, o TCU sabe). Então vem a notícia nos jornais TCU vê irregularidades nas obras da Petrobrás, e dai, o que será feito, nada, fica como esta. Que droga de órgão é este, que porcaria de instituição é esta. Parece a justiça eleitoral, nada cassar o Prefeito, o Deputado, e dai, cadê o dinheiro.

Como ficará no meu Governo:
No meu Governo será feita uma auditora na Petrobrás e a reavaliação de todos os contratos.
Um país auto-suficiente na exploração de petróleo não pode ter a gasolina mais cara do mundo.
Também não se pode prometer abaixar os combustíveis sem saber o que esta por trás destes custo. Mas antecipo de ante mão, que são impostos e mais impostos, sem falar no tio san, isso sim é possível reverter, tirar a carga tributária dos combustíveis.

Saúde(prazo para implantação: Durante o mandato)
recuperação e modernização dos hospitais públicos e construção de novas unidades

Segurança: (prazo para implantação: Durante o mandato)

Como é hoje:
Um nonte de leis da decáda de 40.
Lugar de bandido e na cadeia sem direito a sair na, pascoa, no natal, nos feriados, porque o irmão morreu, a mãe morreu.

Vamos acabar com isso, e traficante então, se tiver dinheiro, vai para rua, se não cadeia.

Como ficara no meu Governo:
No meu Governo serão implantadas:
Prisão prisão perpetua para traficantes, estupradores e seguestradores;
A modernização das policia federal e militar
A recuperar das forças armadas brasileiras

Meio Ambiente: (prazo para implantação: 1 ano)

No meu Governo:
Acabar com a exploração ilegal da Amazônia
Acabar com a exploração indígena
Acabar com o desmatamento do Brasil
Acabar com a exploração de nossa biodiversidade


Estas são as linhas gerais de atuação, para vocês terem uma idéia só com a reforma política e eleitoral, iremos economizar algo em torno de 35,5 bilhões de reais ano.

Sem contar a repatriação de recursos desviados pela corrupção e o controle de copital, que atualmente chegam na casa dos 66 bilhões de reais.

Mas vivemos num país democrático, você escolhe Lula, FHC, Serra, Alckmin, não faz diferença, você verá em 2006 um monte de promessas vazias, que nunca serão cumpridas. Planos de Governos com estatísticas mirabolantes, 5% disso, 10% daquilo, um monte de artistas da Globo, vendendo esse ou aquile candidato, um monte de dupla sertaneja fazendo a mesma coisa, agências de propaganda contratadas a peso de ouro, e pra que?

Para ganhar o seu voto, e continuar tudo na mesma. porque quando assumem só sabem é desviar o nosso dinheiro

Cuidado com o poder da mídia no Brasil.
Vai ser um festival de acusações e no final todo mundo vai votar no LULA.

É hora de parar com estas mordomias de politicos, chega de corrupção sem punição, chega de obras incabadas, chega de desvio de dinheiro, chega de FMI, chega de bandido com direito especial.

Ou você acha que algum político iria propor uma reforma eleitoral e política como a minha, eles querem é dinheiro, O NOSSO DINHEIRO.

Tenha coragem de mudar tudo isso, de um basta em tudo.

Se você quer mudar, mais mudar mesmo este País, chegou a hora, somos mais de 40 milhões de internautas, isso é suficiente para eleger um presidente ou me levar ao segundo tudo, você decide!.

Moralidade ou corrupção

Se você concorda com meu plano de Governo e acha viável para Brasil, por gentileza divulgue, só assim poderemos mudar de verdade este País.

Antonio Carlos Nespoli
Candidato a Presidência da Republica em 2006 (sem partido, por enqunto)