Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!

 Dependência On-line

   
    A dependência a Internet também tem um comprometimento fisiológico!
   
    Como as drogas químicas, a compulsão no uso da Internet também está relacionado à sensação de prazer físico que ela produz.
A cada download de uma foto sexualmente orientada, na interatividade num Chat, no momento de abrir um e-mail esperado, no jogo virtual ou mesmo no barulho eletrizante da conexão a Internet , são produzidas no cérebro descargas elétricas entre os neurônios, induzidas por um neurotransmissor chamado dopamina.
    A dopamina é uma substância que o cérebro libera normalmente quando uma pessoa faz sexo, como ou bebe. Quanto maior dopamina, maior a sensação de prazer. A dependência a Internet mantém esse mesmo padrão fisiológico, criando uma dependência naqueles pequenos momentos de prazer. O problema é que a Internet propicia uma rapidez muito grande nas atividades interativas aumentando as chances de dependência.
    Mas é lógico, que nem tudo é fisiológico! Existem fatores motivacionais que pulsionam essa descarga de prazer por vias da Internet. Um fator só existe se o outro componente for potencialmente determinante.
  
    Transtorno de Dependência a Internet – TDI
    Em junho de 2000, a Psic. Luciana Nunes no evento "Psicoterapia e Internet: Uma parceria delicada.", realizado no Rio de Janeiro, apresentou em palestra o conceito de Dependência a Internet como um transtorno já reconhecido na prática clínica americana.
    Quem primeiro cogitou a idéia de Dependência a Internet foi o Dr. Ivan Goldberg em 1995, no mesmo ano Dra. Kinmberly Young assume o termo como referencia de trabalho. Em 1999 Dra. Maressa Orzack fundou o serviço de dependência ao Computador no McLean Hospital em Massachusetts. Isso comprova que a dependência a Internet não é representada em casos isolados. A prática clínica da Psic. Luciana Nunes comprova que sintomas são bem distintos e claros na identificação e no diagnóstico do TDI.
    Dependência a Internet é tão prejudicial quanto qualquer outro tipo de dependência, mas também tem tratamento!
Sintomas de Dependência a Internet

 1. Preocupação constante com a Internet quando está off line.
 2. Necessidade contínua e crescente de utilizar a Internet como forma de obter a excitação desejada.
 3. Irritabilidade quando tenta reduzir o tempo na Internet.
 4. Utilização da Internet como forma de fugir de problemas ou de aliviar sentimentos de impotência, culpa, ansiedade ou  depressão.
 5. Mentir para familiares e pessoas próximas com o intuito de encobrir a extensão do envolvimento com as atividades online.
 6. Comprometimento social e profissional.
 7. Comprometimento nas articulações motoras utilizadas na digitação.
 8. Falta de interesse em atividades for a da Internet.
 9. Sensação de estar vivendo um sonho durante um período prolongado na Internet.
 10. Duração de tempo maior do que 6 meses.
 11. O período de utilização compulsiva da Internet não seja caracterizado por um episódio de mania.