Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!

SERES ILUMINADOS – Quem são eles?

 Os Seres Iluminados, como o próprio nome já diz, são os seres humanos que através dos séculos, buscaram a Luz Maior, encontraram-na, banharam-se nela, uniram-se a ela e obtendo a Verdade e a Sabedoria, passaram a nos orientar em direção à Fonte de toda a Vida. São os chamados Profetas, Mestres Ascensos, Avatares, Budas, Santos, Gurus e Guias Espirituais.

Se nos dermos ao trabalho de pesquisar nas diversas religiões, sutras, evangelhos, tratados alquímicos, sistemas filosóficos, escolas místicas e cabalísticas, veremos o mesmo fio condutor, a mesma essência, a mesma voz clamando no deserto, a mesma Verdade que lhes deu origem, adequada aos diversos momentos da História e à mentalidade da época.

Os Seres Iluminados, invariavelmente deixaram um Legado precioso para nós, pois foram seres humanos que conseguiram romper o véu da matéria e assim nos mostraram cada um a seu modo, a meta para a qual nascemos neste mundo denso: - Sofrer as limitações da matéria, enveredarmo-nos na ilusão dos sentidos e apesar das dificuldades, conseguir enxergar o que é Real, alcançar o discernimento, “separar o sutil do espesso”, conquistar a Sabedoria e retornar à Casa do Pai libertando-nos do fardo dos repetidos nascimentos. Uma tarefa verdadeiramente hercúlea, por isso tantos tratados, tantos livros que não têm outra finalidade senão a de nos “despertar”, tocar nossas mentes e corações com uma chave mágica, um símbolo, uma idéia que possa fazer sentido para cada um de nós.

Teoricamente a maioria de nós professa acreditar na existência de Deus, muitos afirmam que a reencarnação é um fato, que existe vida após a morte, que existem seres superiores que nos inspiram... mas, porque é tão difícil sentir a Presença de Deus dentro de nós, ouví-Lo em nossos corações, termos nossas próprias Revelações? Sabemos que isso é possível, os Mestres (Seres Iluminados) conseguiram e apontaram o Caminho. Porque não trilharmos a mesma Senda?

Atualmente corre-se o risco de viver estudando, testando, pulando de uma Escola para a outra, acumulando conhecimentos para o orgulho intelectual, inflando o ego com quinquilharias muitas vezes inúteis, quando a Mensagem dos Mestres se resume em poucas linhas vitais:

-         “Conhece-te a ti mesmo”

-         “Eu e meu Pai somos UM”

-         “O Reino de Deus está dentro de Vós”

-         “Amai a Deus de todo o vosso coração e de todo o vosso entendimento e ao próximo como a ti mesmo”

-         “EU SOU O QUE FOI, O QUE É E O QUE SERÁ”

-         “EU SOU O QUE EU SOU”

-         “EU SOU CONTIGO”

-         “Eu Sou – É a afirmação da Presença de Deus em cada um de nós.

-         “Eu Sou o Amor – Se queres chamar-me, entra em teu coração e clama por mim. Quando sentires uma infusão de Amor, estarás em minha Presença e saberás que EU SOU CONTIGO”

 

É bem verdade que o estudo é importante para nos colocar em sintonia com as mais altas freqüências de vibrações das diversas escolas de pensamento, a fim de nos proporcionar sentimentos elevados e inspirações para nossas meditações, mas nenhum progresso se faz enquanto não se colocar em prática o que foi em teoria aprendido.

Sabemos que os Seres Iluminados, mesmo após sua transição aos planos invisíveis, além do véu da matéria, continuam trabalhando para nos orientar e inspirar até o dia em que possamos nos juntar a Eles através das portas da Iniciação. Eles também nos exortam a nos guardar da tendência à idolatria (forte também em nosso tempo), afinal Eles jamais reivindicaram para si o culto e a adoração, já que transcenderam a vaidade e o orgulho, requisito básico que deve ser conquistado por todos os candidatos à Iniciação.

Existe uma grande confusão gerada pela precariedade do entendimento das Escrituras Sagradas. Todos os Profetas Iluminados, Mensageiros do VERBO, falaram por Deus. Os Judeus entendiam isso muito bem e mesmo com todo o respeito com que honravam seus Profetas, jamais idolatraram ou prestaram culto a Isaías, Davi, Salomão...  Jesus Cristo, o mais perfeito dos Filhos de Deus, o maior dos Mestres e Profetas, falou por Deus durante todo o Seu Ministério: “EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA” Em outra parte explica: “As Palavras que vos digo, não as digo de mim mesmo, mas do Pai que me enviou”  E o que dizer de: “Quem me vê a mim, vê o Pai”? Não seria o Homem Realizado, a Imagem do Criador? Assim também fomos feitos “à imagem e semelhança do Criador”, resta-nos despertar para esse fato e trabalharmos em nós mesmos para realizar o estado de Filho de Deus, como fez nosso Irmão mais velho. 

Dhara - 02/08/2000   

    Volta p/ Textos