Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!

Lady Yuna

Conheci-a através da minha irmã. No dia em que a minha mãe nos comprou um Furby, a Yuna apareceu na pizzaria do meu pai com o dela e os dois bichos (os Furby’s) desataram a conversar.

Mais tarde, a minha sis levou a Yuna á nossa casa, estava eu a jogar Tomb Raider III. Foi um primeiro contacto bastante embaraçoso, pois eu não lhe liguei nenhuma, tão embrenhada que estava com o jogo, e a minha sis não sabia como dar início a uma conversa.

Não sei como nos tornámos tão amigas, foi evolutivo, suponho. Comecei a passar as tardes na sua casa (na altura a Yuna era minha vizinha) e a sair com ela e com as nossas mães.

Lembro-me do dia em que lhe levei uma revista da Playstation cuja capa tinha o Squall com a sua gunblade. Foi a primeira coisa de Final Fantasy que ela conheceu através de mim.

Lembro-me também de, na praia, lhe ter contado que houvera em tempos um homem que amava tanto, tanto uma mulher que acabou por matá-la. Ela perguntou-me quem era ele e eu disse-lhe que se chamava Sephiroth. Isto foi a segunda coisa de Final Fantasy que ela soube por mim.

Tornámo-nos ambas grandes fãs do Final Fantasy e, já não me lembro bem quando, descobrimos juntas o jeito para o desenho e para a escrita. Partilhei com ela muitos esboços e fanfics marados.

Em tempos acreditei nisso, mas hoje não posso afirmar que a Yuna é minha melhor amiga. Raramente tem pachorra para me ouvir (quem pode censurá-la?), está sempre na lua quando tento desabafar e não me dá a sua opinião acerca dos meus desenho (“tá giro” não é propriamente uma opinião).

É uma boa companhia, mas não consigo fazê-la passar disso porque ela está sempre demasiado distraída com não-sei-o-quê.

Nunca me conta o que sente, pelo que apenas me resta adivinhar o que lhe passa pela cabeça, o que nem sempre resulta.

Ser sua cavaleira fazia sentido, tinha piada e era carinhoso. Agora, já não faz sentido, tem piada, mas é aborrecido.

Não sei o que se passa com ela. Talvez a tenha imaginado uma Yuna que na realidade não existe. Contudo, não consigo explicar porque gosto tanto dela.

I could stay awake just to hear you breathing

Watch you smile while you are sleeping

While you're far away and dreaming

I could spend my life in this sweet surrender

I could stay lost in this moment forever

Well, every moment spent with you

Is a moment I treasure

I don't wanna close my eyes

I don't wanna fall asleep

'Cause I'd miss you, baby

And I don't wanna miss a thing

'Cause even when I dream of you

The sweetest dream would never do

I'd still miss you, baby

And I don't wanna miss a thing

Lying close to you

Feeling your heart beating

And I'm wondering what you're dreaming

Wondering if it's me you're seeing

Then I kiss your eyes and thank God were together

And I just wanna stay with you

In this moment forever

(Aerosmith, "I don't wanna miss a thing")

Voltar