Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!

Mas porquê?!

Aqui vão as razões que me levam a gostar tanto de Beatrix de Alexandria (Beatrix of Alexandria soa muito melhor, mas enfim...)

1- Uma coisa muito importante. Se a Beatrix não fosse Beatrix e fosse Bernardo, eu não gostaria tanto dela, provavelmente nem daria pela sua presença no jogo. O fascínio está mesmo no facto dela ser mulher e fazer tudo o que faz. Homens generais, há muitos, mas agora mulheres...

2) Como já disse, é General das tropas de Alexandria, o que implica muitos anos de treino, privações, emoções fortes e, no caso exclusivo da Beatrix, a perda do olho direito (a Square nunca nos explicou como é que tal aconteceu, mas a gente deduz).

3) É feminina. Estão a ver, é General e está habituada a treinos e batalhas desde de bastante cedo, mas no entanto permanece feminina (ponham os olhos na Jane e perceberão do que estou a falar). Não é um homem que por acaso nasceu com corpo de mulher. Não é uma aberração rude e mal educada, que só quer guerra e violência. Existem mulheres assim, que até parecem homens, mas Beatrix não é uma delas. Ela é charme, ela é estilo, ela é aquela expressão calma e decidida ao mesmo tempo, ela é aquela maneira de atirar o cabelo para trás, ela é aquela roupa que nem é muito conservadora nem muito provocante...

4) Beatrix tem uma lealdade para com a família Real que até me faz confusão. Ela dispõe-se a sacrificar os seus sentimentos, a sua maneira de pensar e até a sua própria vida pela Rainha e por Alexandria. Corrijam-me se estiver enganada, mas não me parece que a Beatrix aja dessa maneira devido a ter medo da Rainha ou coisa assim. Eu acho que ela admira mesmo a Rainha e confia plenamente nas suas decisões.

5) É a prova de que apenas os estúpidos não mudam de opinião. Quem a princípio parecia ser o seu eterno (e idiota) rival, tornou-se no seu príncipe encantado. Steiner e Beatrix ficam tão queridos juntos...! (mas isso é para falar lá mais adiante).

6) Beatrix acaba por se dar conta de que está do lado errado e é com tristeza que se conforma com o facto da Rainha estar louca. Apesar de toda a sua fidelidade e lealdade, Beatrix consegue entender que está errada e que não está a fazer o melhor por Alexandria.

7) Beatrix é auto-confiante sem ser convencida (ela pode parecer convencida, mas não é convencida de que é a maior. Quanto muito, está convencida de que consegue atingir os seus objectivos). Beatrix transmite segurança aos outros, mesmo que no fundo esteja com medo. É preciso ter muita confiança em si mesmo e nas suas próprias qualidades para andar por aí com apenas um olho sem parecer minimamente preocupada com isso. Eu não sei se o faria com tanta facilidade...

8) Para além de General, é Capitã do Red Rose e guarda-costas da Rainha. O que pode uma pessoa pedir mais?

Oito.

Oito razões para eu gostar, adorar, venerar, amar e admirar Beatrix de Alexandria.

E é pouco??(como diria o meu amigo André Tomás)