Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!

Steve

Eu não gostava nada do Steve quando ele namorava com a Princesa. Não sei, irritava-me. Eu queria mesmo era que a Princesa ficasse com o Vade (é preciso ser-se muita estúpida). De há uns tempos para cá, aprendi a gostar dele e tornou-se num bom amigo.

Ele desabafa comigo e eu desabafo com ele, lamentamos as nossas desgraças um ao outro no banquinho dos tristes, no fundo do recreio da minha escola.

O Steve é a única pessoa, para além da Garnet, que não teme criticar os meus desenhos e o que eu escrevo, chegando mesmo a corrigir-me. Não sei se gosto disso ou não. I mean, quem não gosta de ouvir críticas boas? Estes dois só me atiram abaixo! Mas isso apenas prova a frontalidade de ambos. Todos os meus colegas têm em cabeça que não podem discutir o que faço, porque me consideram um génio (tolinhos).

Apenas o Steve e a minha sis têm coragem de criticar o “génio”. È como se eu saísse por aí a criticar o Amano. Seria guilhotinada, com certeza....

Gosto do Steve, apesar dele pensar que devo fazer tudo o que ele pede e quando não o faço, põe-se a roçar a cara no meu ombro, implorando que faça o que ele pede.

Graxista de primeira....

Don't need the sun to shine to make me smile

Don't care if it's dark outside 'cos I've got you

And though the rain may fall

No I won't care at all

'Cos baby I know that I got you

Voltar