Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!

Cuidados a Ter com a Higiene do Gato Persa

 

 

Escovar o Pêlo

 

 

 O pêlo para se manter bonito e saudável, livre de pêlos mortos, deve ser escovado regularmente. Um gato de pêlo curto apenas necessita de uma escovagem ocasional no inverno, mas no verão com a perda de pêlo justifica-se uma escovagem semanal. A passagem com um pano de camurça torna o pêlo do gato mais brilhante.

 

No caso dos gatos de pêlo longo a escovagem torna-se semanal e mesmo diária, por exemplo, no caso dos gatos persa que têm um pêlo que ganha nós com muita facilidade. Para remover os nós podemos recorrer ao pó talco (inodoro de preferência) que ajuda o pêlo a tornar-se mais solto.

 

Habitue o seu gato a ser escovado desde pequenino senão quando ele crescer pode ser muito complicado escova-lo, ponha o gatinho no seu colo e escove-o, ofereça resistência quando ele quer fugir mas acalme-o com festas e uma voz suave para que ele encare o momento de ser escovado como algo agradável, é sempre complicado forçar um gato a fazer algo que ele odeia, e se ele apreciar a escovagem com o tempo passara a ser um momento especial entre os dois.

 

Cortar as unhas

 

 

Cortar as unhas não é necessário se este tiver acesso à rua ou a um poste para arranhar. Mas para bem das suas mãos e da sua casa é aconselhável cortar as unhas regularmente, eu corto uma vez por mês. Para cortar as unhas dos gatos existem utensílios adequados à venda nas lojas dos animais, pessoalmente prefiro um corta-unhas, mas é uma questão de gosto.

Quando cortamos as unhas dos gatos devemos ter cuidado em apenas cortar a parte branca, nunca alcançar a parte rosada da unha senão podemos ferir o gato.

Como para qualquer “tarefa” a que queiramos habituar o nosso gato devemos começar cedo para se tornar agradável e rotineiro para o gato.

 

Dar Banho

 

 

 Gatos e agua não combinam, eu só conheço uma gata siamesa que salta para dentro da banheira para tomar banho com o seu dono. Alguns gatos apreciam agua mas infelizmente é uma minoria, e os meus gatos não pertencem a esse grupo. Quando um gato chega à minha casa com mais ou menos 2 meses dou-lhe um banho, ele mia, tenta fugir mas como é pequeno é fácil de controlar. A partir dai todas as vezes que pego num e o levo para a casa de banho para o banho mensal, os outros desaparecem. A quem diga que os gatos não precisam de banho porque se lavam ao lamberem-se, eu não concordo, um gato deve tomar um banho pelo menos duas vezes por ano, no caso dos persas terá que ser mais regular, de acordo com o estado do pêlo.

 

Durante o banho deve aplicar agua morna, um champô adequado ao seu gato, pode comprar numa loja ou pedir conselho ao veterinário. Antes do champô eu costumo aplicar betadine espuma, de forma a desinfectar e a prevenir doenças de pele, tão comuns nos gatos de apartamento. Depois do champô aplico um condicionador para gatos, que no caso dos persas é indispensável senão é impossível escova-los depois. A escolha do champô depende muito do estado do pêlo do gato, se o pêlo está em bom estado, sem problemas aparentes, pode comprar um champô regular para gato ou optar por champô para pessoas mas de qualidade e com o objectivo de limpar suavemente, por exemplo champô de alcatrão ou aveia que se encontram na farmácias, se ele tem um problema de pele especifico deve pedir conselho ao veterinário. Ter sempre cuidado com o produto que colocamos no pêlo de gato já que este seguidamente ira lamber o pêlo. Quanto ao amaciador é preferível optar por um especifico para gatos.

Depois do banho limpe-o muito bem com uma toalha seca, se conseguir seque-o com um secador, eu prefiro a toalha, os meus gatos odeiam o barulho do secador. Depois do banho, no verão deixo-os à vontade pela casa, mas no inverno fecho-os num quarto com o aquecimento ligado até estarem todos secos.

 

Loção de limpeza sem banho– a venda em lojas de animais, quando não queremos dar banho mas o pêlo precisa de uma limpeza, estas loções limpam o pêlo e ajudam a desembaraçar os nós, na minha opinião têm uma contrapartida a maioria tem perfume, que é algo que nós gostamos mas os gatos não.

 

Limpar os Olhos e Orelhas

 

 

Os Olhos e as Orelhas precisam de uma atenção regular, sendo zonas sensíveis que facilmente adquirem sujidade.

A limpeza dos olhos, é obrigatória no caso do persa, que devido ao nariz mais curto lacrimejam facilmente, quanto mais tipado for o gato mais regular terá que ser a limpeza, em gatos de pêlo claro a zona à volta dos olhos pode adquirir um tom amarelado. Use uma rodela de algodão embebida em agua, soro fisiológico ou agua de rosas, muita vezes é aconselhado o uso de óleo de amêndoa, pessoalmente acho que deixa o pêlo oleoso.

 

A limpeza das orelhas é importante para todos os gatos, o gato persa de orelhas mais pequenas e peludas está mais protegido da sujidade mas não é motivo para descurar na limpeza. Use um cotonete ou um pedaço de pano húmido, deve ter muito cuidado a limpar os ouvidos, se notar que o seu gato coça muito os ouvidos esteja atento, pode ser consequência de ácaros nos ouvidos.

Tosquiar o Pêlo

 

 

O corte do pêlo do gato persa não é comum apenas em caso em que os problemas de pele o obriguem. No entanto no verão o pêlo torna-se bastante insuportável, podemos assim aliviar o calor cortando um pouco o pêlo que rapidamente cresce. Deve evitar cortar o pêlo na zona da cabeça e nunca tosquiar a cauda que pode demorar mais de um ano a atingir o tamanho normal. Corte na zona do dorso, costas e principalmente no peito e barriga, as zonas onde o pêlo cresce mais rapidamente.

 

Voltar