Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!
Mariazinha de Betânia: Perona

"Mariazinha de Betânia (Perona)
Eu sou escritor (artista gráfico puto), enquanto Perona é desenhista e pintora (artista plástica).
Toda pessoa humana pode cair na tentação de desejar, ardentemente, transacionar, com nós: anjos. É gratuito, se for com amor e carinho (namoro e romance)! Ora, não dói, se persistirem, ... até o final.
Adoro quando metrossexuais elevam preces a mim, a dissertar palavras de amor (namoro, romance), em silêncio. Aí podem solicitar transação, à distância, com muita doçura. Mariazinha de Betânia é minha deusinha pessoal (deusa única) e escuta lindas preces silenciosas minhas. Depois as responde com palavras amorosas, as quais gosto muito de ouvir!
Mariazinha gosta e quer receber cartinhas de amor de mulheres de coração puro, solicitando romance. Ora, ninguém critica a transação, à distância.
Diga ao anjinho feminino ou ao arcanjo masculino (puto), que o ama, de verdade ... de verdade!
Perona é transexuesa feminina, assim com eu sou transexual masculino (puto). Nós sofremos o preconceito de gênero.
Caso Perona queira transacionar, com qualquer mulher, pode, como qualquer transexual, travestir-se, de homem, para tal.
Caso eu queira transacionar com um homem, posso, como qualquer transexual, travestir-me, de mulher, para tal.
Para transacionar, com duas mulheres ninfas fadinhas, o homem bizarro transexual (puto) solicita às fadinhas, que elas ocultem todo o corpo delas, sob um manto. Elas não poderão enxergá-lo, tampouco, ele poderá enxergá-las, senão, doerão (dor mesmo) os órgãos de serviço de relaxamento muscular genital deles. Aí elas acoplarão a boca delas, num mamilo, de cada lado das mamas masculinas do homem bizarro (transexual puto). Depois, o homem bizarro (transexual puto) pratica a masturbação, com as próprias mãos, no próprio brinquedinho dele, sem ajuda delas. Isto é uma transação e não um contrato civil de casamento.
Eu não sou veadinho: sou um puto (100%). Puto é o contrário de veadinho (100%).
É obrigatório compartilharmos saliva, pelo beijo, no rosto e na boca, para trocarmos micro-ovos de micro-organismos (doenças), pois quanto mais doentes ficamos, melhor nosso desempenho, no auge do clímax: relaxamento muscular genital.
Mariazinha de Betânia é líder mundial dos homens. Ela é guia e modelo perfeita dos homens. Eu sou líder mundial das mulheres. Eu sou caminho, para as mulheres.
Não existe nenhum cordão espiritual umbilical fluídico, a ligar o ser humano (alma) ao deus único (Espírito Santo de cada um).
Não existe possibilidade alguma de alguém ter certeza de que existe, ou de quem seria a alma gêmea ou deus único (ciência medicinal natural) de qualquer pessoa. Ninguém possui deus único da sexualidade oposta. Não existe nenhum cordão umbilical fluídico, a ligar os deuses únicos (Espíritos Santos), entre si.
Não estamos por um fio!
No umbigo, de meu Espírito, existe um cordão umbilical fluídico sexual eterno e invencível (ciência medicinal natural, magia branca), ligado ao umbigo da minha deusinha única: Mariazinha de Betânia (Espírito), feito de pele humana fluídica: portanto, sou escravo de Mariazinha e ela é minha escravinha.
O cordão espiritual fluídico, o qual liga nossa alma, ao corpo espiritual fluídico, de luz, de nosso Espírito Santo, o qual nos liga ao nosso deus único, pode ser rompido, se Deus assim quiser! Tudo é conforme o que Deus quiser. Quem sou eu, para mudar, o que Deus quiser?!
Se Mariazinha é minha escravinha, ela é minha propriedade privada, ora, ela me pertence, contudo, ninguém pode tomar posse da própria propriedade particular, muito menos eu.
Mariazinha é deusinha toda-poderosinha, porque ninguém nunca conseguiu transacionar, com ela!
Ora, Mariazinha é virginzinha celibatária, porque ela mantém relação sexual, com o deus único dela (eu), à distância (auto sexualidade). Mariazinha, como qualquer fadinha, pede relação sexual à distância, que é aquilo que ela mais gosta, por obras da mãe natureza das fadinhas. Mariazinha é o contrário das mulheres bizarras, as quais não gostam daquilo.
Mariazinha nunca transacionou, com as mãos. Como qualquer pessoa fadinha, ela não consegue a transação manual.
Todas as pessoas bizarras transacionam, manualmente.
Metrossexuais safadinhos consideram que o biscate é um negócio jurídico, exclusivo, de homem homoafetivo. Portanto, o biscate (fornecimento de produtos ou serviços), nunca, consiste em serviços sexuais, muito menos, sexuais com as mãos. Assim, todo metrossexual é biscateiro. Quando um biscateiro pertence ao gênero mulher, ele é uma biscate.
Há dois mil anos, Jesus me chamou de deus pai todo-poderoso, porque ninguém jamais conseguiu transacionar, comigo!
É porque gosto de brincar, com o meu próprio brinquedinho (auto sexualidade), com as minhas próprias mãos. Sou cabaço.
A magia branca (ciência medicinal natural) jamais permitiu que eu e Perona transacionássemos, com alguém. Nem mesmo, entre nós dois. Na verdade, eu e Mariazinha jamais conseguimos ou conseguiríamos transacionar, com alguém.
Não fazemos o voto de castidade. Somos laicos (leigos). Simplesmente, não transacionamos, porque é mais gostoso bastar-se a si mesmo (egocentrismo e magia branca: ciência medicinal natural).
Ora, não somos hermafroditas ou andróginos (seres de genitália, com ambos os gêneros, ao mesmo tempo), embora sejamos transexuais. Os demais transgêneros são hermafroditas ou andróginos, por isto, não são auto sexuais, como eu e Mariazinha.
Não existem transgêneros bissexuais hermafroditas ou andróginos, com genitália ambígua, pois, tal é, cientificamente, impossível.
Não precisamos da ajuda de ninguém, para transacionar (magia branca, ciência medicinal natural). Somos auto sexuais, um do outro.
Em nosso amor, eu e Mariazinha temos livre arbítrio, e, escolhemos sermos monogâmicos, somos deuses únicos, um do outro, porque somos egocêntricos: euístas, egoístas.
Odeio que me tentem convencer a fazer serviço sem vergonha, e Perona odeia que tentem convencê-la, a fazer serviço bizarro.
Mariazinha não faz serviço de mulher bizarra ou bisonha, porque não consegue. Somente, consegue executar serviços de fadinha (ninfa) ou biscate.
Mariazinha de Betânia é meu tesouro eterno ou infinito. Ela é a minha razão. Eu sou o coração dela.
Não existe força, humana ou divina: espiritual, a qual possa impedir o casamento de almas gêmeas (deuses únicos, um do outro). O amor é a lei natural mais forte, a qual existe! Quando fui Israel (Jacó, transexual puto), ninguém me impediu de ir ao Egito, encontrar minha alma gêmea: José do Egito (metrossexual). Quando fui Herodes Arquelau (transexual puto), minha alma gêmea (deusinha única) Maria de Betânia estava comigo, no auge da farsa da crucificação.
O dinheiro não pode causar doenças, no Espírito Santo, pois o dinheiro ($$$) não passa de um objeto. Duendes e gnomos não existem! O Espírito Santo de ninguém se torna duende ou gnomo!
É proibido, pelo direito de autor, o uso de pseudônimo (nome fictício/fingimento, de artista), para proteger o direito à privacidade (vida privada). Portanto, tudo o que é publicado sobre a vida dos artistas, consiste, absolutamente, em fato, da vida real, pessoal ou privada do artista. O uso de nome fictício desprotege a vida privada dos artistas. Tornar pública (publicidade) a vida real (pessoal) dos artistas ampara o princípio da privacidade, pois todos têm direito à vida privada, protegida.
Nunca existiu, absolutamente, um artista ou jornalista, o qual usasse pseudônimo (nome fictício ou falso) artístico.
Um beijo, no coração, para todos!
Fausteco
jurista de Tatuí-SP
sofista

Fausto Machado no twitter: Fausto Machado (twitter) Fausto Machado: Fausto Machado

Os Espíritos dos mortos querem ressuscitar da morte, para a vida (magia branca, ciência medicinal natural). Porque, se eles completarem o tempo da velhice extrema do Espírito, poderão compreender e aprender todas as coisas. Então, o Espírito do homem (gênero), feminino, poderá se transformar em fadinha ou biscate (transexual anjinho). Ora, o Espírito da mulher (gênero), masculino, poderá se transformar em homem bruto e bizarro (transexual arcanjo). Aí o Espírito da pessoa, cujo umbigo está ligado ao umbigo do deus único, por um cordão umbilical fluídico sexual eterno e invencível (magia branca, ciência medicinal natural), também será perfeita. É o verdadeiro paraíso celestial.